quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Euromilhões ou como o dinheiro revela algums coisas

Não. Não estou milionária. E a bem da verdade nem queria, que sempre disse que me saísse, e ao contrário de muitas pessoas, não deixava de trabalhas mas criava era condições para trabalhar. O que quero falar com este texto é sobre aquele ex-casal a quem saíu o prémio e que até hoje não se conseguem entender quanto à divisão do mesmo. Ora, são 15 milhões de euros (dezasseis com os juros que já rendeu) que continuam parados no banco, sem que ninguém os possa utilizar.



E porque é que isto acontece? Porque a mulher a quem saíu o prémio se recusa a partilhá-lo com aquele que era namorado na altura e com quem hoje não tem qualquer relação. E a mim custa-me a entender esta atitude. Volto a repetir que são 15 milhões de euros. Uma quantida que a grande maioria de nós não saberá nunca o que é. Dividindo ao meio dava 7,5 milhões a cada um deles. Muito mais que o suficiente para ter uma vida desafogada e evitar chatices. Chegaram ao ponto de levar o caso a tribunal, por ela não querer dar nem uma parte do prémio ao ex-namorado (que, recordo, foi quem registou o boletim que parece tinha uma chave que costumavam jogar em comum), que decidiu pela divisão do prémio. Mas ela não satisfeita com a decisão resolveu recorrer ao tribunal da relação.



Resultado? O dinheiro vai continuar congelado na conta a render juros sem que ninguém os possa utilizar. E eu volto a dizer que são 15 milhões de euros. Que muito provavelmente ela não tem noção da quantia que é na realidade. Com 15 milhões ou com oito ela fica rica na mesma. E, embora eu não goste de fazer juízos de valor, o que me parece é que o dinheiro muitas vezes cega e mostra coisas de nós que era melhor que não fossem reveladas.

3 comentários:

  1. Verdade verdadinha. Infelizmente é assim, só penso que de facto eu até com metade da metade já ficava com as continhas todas pagas e tirava umas valentes férias. Cega... e muito... jasus.

    ResponderEliminar
  2. Bem...parece que era mais amor na pobreza do que na riqueza lol

    ResponderEliminar
  3. Sempre que oiço essa história na TV penso exactamente o mesmo! lol

    ResponderEliminar