segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

E é agora que eu perco a credibilidade que tinha na blogosfera (isto se é que tinha alguma)

- Gosto do Malato
- Já estive em Nova Iorque e não fiquei fascinada pela cidade
- Vejo o programa Dança Comigo

Estas são assim as três coisas de que me lembro agora que são capazes de pôr muita gente de cabelos em pé. Prometo que se me lembrar de mais alguma acrescento. Sim?

13 comentários:

  1. Ah, eu também gosto do Malato!!!

    :)

    ResponderEliminar
  2. existe um programa chamado dança comigo? o malato ainda trabalha na televisao? lol

    jocas

    ResponderEliminar
  3. lololololol o dança comigo é que não!!!!

    bj
    teresa

    ResponderEliminar
  4. Não fiquei nada chocada. Nada mesmo. Uma das coisas que mais me fascina é mesmo esta diferença entre nós. É o que faz o mundo andar para a frente.

    ;) Beijo

    ResponderEliminar
  5. Eh pá...O Dança Comigo ainda passa, NY não conheço, mas agora o Malato...pffff

    ResponderEliminar
  6. Também curto o Malato ..
    Quanto a Nova Iorque, nunca lá fui, por isso não posso falar.
    Quanto ao programa Dança Comigo, nunca curti muito.
    :D

    ResponderEliminar
  7. Eu também gosto do Malato, às vezes espreito a novela e choro a ver a Oprah

    ResponderEliminar
  8. Então,
    Tenho uma ftg com o Malato,
    Adoro Nova Iorque,
    Fui assistir ao dança comigo.
    Está bem? :p
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Não sabia que havia pessoas que gostavam do Malato. =p


    *

    ResponderEliminar
  10. Então não vale a pena ir a NY? É que estava a pensar... :)

    ResponderEliminar
  11. Vale sempre a pena conhecer sítios novos. E Nova Iorque é mesmo a cidade que nunca dorme. Nesse sentido vale. É bom para fazer compras. Mas em termos culturais, tens a Broadway, alguns museus mas não há história.

    ResponderEliminar
  12. Um aplauso para quem se está marimbando para o que os outros pensam e assume aquilo que é seu (ainda mais num espaço que é seu!).
    Gostei :)

    ResponderEliminar
  13. Obrigada!
    Mas eu gosto de saber a opinião dos outros.
    Só que isto são apenas gostos, e, embora ao contrário do ditado popular, se discutam sim e muito, não acho que devamos ser julgados por eles.

    ResponderEliminar