quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

(Ausência)

Porque há alturas em que nada faz sentido e os dias são cinzentos e as nuvens teimam em andar em cima da nossa cabeça. Dias em que nos sentimos tão pequenas, sozinhas e perdidas que desejamo voltar a momentos em que, ainda que o que tinhámos não fosse o ideal, havia vontade de sorrir. Dias em que pensamos quando e se o sol irá brilhar outras vez. Se as coisas alguma vez farão sentido. Se alguma vez iremos sentir que somos simplesmente felizes.

9 comentários:

  1. Pois, tb estou à espera desse dia... E não estou a vê-lo nem no horizonte, deve ser por causa das nuvens...

    ResponderEliminar
  2. Por vezes é preciso uma pausa para encher os pulmões de ar de modo a ter-se suficiente oxigénio para se seguir em frente!

    ResponderEliminar
  3. De vez em quando todos temos dias assim... Força!

    ResponderEliminar
  4. sabes... eu não quero ser simplesmente feliz, nunca!

    porque é sinal que somos capazes de amar e que temos um bom coração! se à tua volta, as pessoas que amas não estão bem, nunca poderás ser realmente feliz... bem sabes! e a partir do momento que começas a perder pilares da tua vida... nunca mais podes ser simplesmente feliz...

    podemos e devemos ter muitos momentos de felicidade, que nos ajudam quando estamos num momento de profunda tristeza e desilusão, como o que estás a passar!

    aguenta firme! amanhã será um dia melhor! aguenta! por ti... por ela... pelos que te amam... pelos que amas!

    jocas

    ResponderEliminar
  5. Assim é a vida. Nem bem nem mal, antes pelo contrário - como diz o outro.

    ResponderEliminar
  6. Como te entendo, outra vez!

    Ainda vou perceber a razão disso, mesmo andando para trás no tempo...

    ResponderEliminar