quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Pessoas

Há pessoas tão mal-educadas, arrogantes, desagradáveis, que tratam tão mal outras pessoas (normalmente pessoas que não conhecem, são hierarquicamente inferiores ou não lhes interessam porque, de forma geral, este tipo de pessoas é cobarde) que eu me pergunto, frequentemente, de onde vem tanto azedume, tanto mal-estar, tanta má educação.

Não é que seja algo que me incomode quando me é dirigido a mim. Ao início chateia. Claro. Mas, invariavelmente, tendo a pensar que aquilo não é mais do que um descarregar de uma enorme frustração que essas pessoas sentem e geralmente negam.

E aí a única coisa que sinto é pena. Porque não é desta forma que vão deixar de ser infelizes. Antes pelo contrário.

4 comentários:

  1. Já trabalhei como operadora de caixa num hipermercado enquanto andava a estudar e, a partir do momento em que uma senhora me chamou ignorante e disse que não tinha estudos nenhuns por não saber em que corredor é que estava o molho inglês, já nada me admira.
    Mas este tipo de pessoas metem-me pena, não devem ter nada na vida mas acham-se mais que os outros =S

    ResponderEliminar
  2. Sinceramente existem pessoas estupidas e arrogantes mas...

    eu pessoalmente respondo-lhes à letra e ... nota-se que são pessoas que quando confrontadas com alguns factos... ficam gagas e nem abrem a boca...

    ResponderEliminar
  3. enquanto aluna tive profs assim, a acharem-se tão melhores que os alunos e que os "sôs continuos" lá da escola que prometi a mim mesma que nunca ia ser assim...vai daí, agora, enquanto professora, trato os meus alunos como iguais, e parece-me que tenho muito mais o respeito deles do que tinham esses meus professores...

    ResponderEliminar
  4. a mim chateia-me aidna mais ver isso nos outros. é um caso claro de má formação de base - e as bases são essenciais.

    ResponderEliminar