segunda-feira, 13 de julho de 2009

Refúgio


"O Porto é só uma maneira de me refugiar na tarde, forrar-me de silêncio e procurar trazer à tona algumas palavras, sem outro fito que não seja a de opor ao corpo espesso destes muros a insurreição do olhar."

Eugénio de Andrade

10 comentários:

  1. "Há refugios que não fazem esquecer as maguas e amarguras da vida..."

    LionMaster.

    beijinhossssssssssss

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente tens razão... Mas de qualquer forma há momentos em que tento reagir. Embora não seja nada fácil.

    ResponderEliminar
  3. eu cá tenho alguns refugios mas... todos em Lisboa....

    ResponderEliminar
  4. Nada como a magia envolvente da neblina sintrense como refúgio. Ou como a calma do peito de alguém que se perdeu na voragem do tempo...

    ResponderEliminar
  5. Todos os que lá vão trazem saudade na bagagem

    ResponderEliminar
  6. O Porto traz-me boas recordações, lindo lindo

    ResponderEliminar