terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Liberdade

Há dois dias, sem pensar muito, acabei por, numa conversa de circunstância, te dizer algo que já sabia há algum tempo, mas nunca me atrevera a verbalizar, nem para mim. Que não há assunto entre nós. Que temos pouco ou nada em comum.
E, após dizê-lo, senti-me, por fim, livre de ti.

4 comentários:

  1. BRAVO!!! Nada como enfrentar a realidade!

    ResponderEliminar
  2. Por isso é que não se deve deixar nada por dizer!! :)

    Bxinhuuuu

    ResponderEliminar
  3. O engraçado é que, só quando o disse, é que me apercebi "de facto, é MESMO isto que eu (não) sinto". E não planeei dizê-lo. Por isso, nem se tratou de coragem. Simplesmente, a conversa fluiu por ali e deu comigo a expressar algo que nunca tinha expressado.

    ResponderEliminar