sábado, 28 de fevereiro de 2009

A dois

Queres vir comigo correr pela praia e brincar com as ondas? Encher o peito de ar a cada passada e atirar-me areia enquanto nos rimos sem parar?

Queres abraçar-me sempre que me sentir perdida e saber que terás um abraço meu sempre que o dias te doerem no peito?

Queres ficar nos meus braços, em frente à lareira, enquanto ouvimos a chuva cair?

Sabes, cada vez percebo menos as pessoas que se mantém em relações vazias, que são feitas de palavras gastas, ódios e raivas que só gastam a energia e não levam a lado nenhum.

E mais do que não perceber, estou farta.

Farta de olhar à minha volta e ver pessoas que preferem estar infelizes mas acompanhadas do que sozinhas. Acho que é um desgaste tão, tão grande, que me faz confusão.

Não digo que não se tente que as coisas dêem certo nem faço a defesa do individualismo e egoísmo que tanto existem hoje em dia. Não é isso.

É apenas tentar partilhar com os outros o melhor que temos e receber o melhor que os outros têm.

Afinal, não é essa a essência de estarmos com alguém?
Para quê ódios, raivas, brigas?
Enganos, mentiras e traições?

Se não estamos bem juntos, mais vale seguir em frente e tentar encontrar mais alguém.

Afinal, o que mais importa não é sermos felizes?

9 comentários:

  1. sim, é o mais improtante mas por vezes existe o medo que nao deixa avançar

    ResponderEliminar
  2. Ai se a pratica fosse assim tão fácil como a teoria :-)))

    Beijos.
    Adoro o teu blog!

    ResponderEliminar
  3. Claúdia: Claro. Existe o medo de ser rejeitada. O medo de ser feliz, até. Serão fruto de próximos posts ;)

    Sabor a Menta: claro quea prática é mais complicada. Obrigada pelo elogio :)

    ResponderEliminar
  4. ola
    ainda ontem no meu blog falava do mesmo... de facto ha pessoas que preferem estar acompanhas e infelizes do que sós... n percebo, e é um assunto q me irrita de certa form pk ate conheço pessoas assim... n entendo estes pontos de vista.. sem comentarios..
    bjinho

    ResponderEliminar
  5. uma coisa é certa: antes só que mal acompanhados :)

    ResponderEliminar
  6. Bubble Mind: não entendes tu nem eu, mas, infelizmente é o que mais se vê hoje em dia

    'C.: ora nem mais! ;)

    ResponderEliminar
  7. Bem...
    Não imaginas como ler este post veio mesmo a calhar...
    Eu penso exactamente como tu, mas que é difícil dizer adeus... é...
    Mas é tal qual tu dizes.... o que importa é sermos felizes...
    Decididamente vou ser assídua :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. E sempre se ouviu dizer "Mais vale só que mal acompanhado..."

    O apego e o medo da mudança é muito grande.

    Eu gosto de lufadas de ar fresco =)

    ResponderEliminar