segunda-feira, 22 de abril de 2013

Crónicas da lontra

Tenho um anónimo que tem andado muito incomodado com a minha "lontrice" e me tem deixado vários comentários nesse sentido. Ora diz que eu tenho umas mãos muito gordas e devo ser mesmo uma lontra, ora diz que eu faço dieta porque devo ser mesmo uma lontra, entre outras pérolas.
E,isto, só me faz lembrar os miúdos da escola primária, que chamam gordos,magros e feios uns aos outros, porque, coitadinhos, são pequeninos e não conseguem mais.
Mas, como deduzo que o meu anónimo não seja uma criança, a única coisa que me ocorre dizer-lhe é que sim, estou com excesso de peso. Não o escondo, nunca o escondi, e é por isso que faço dieta. Não me ofende por me chamar lontra, mas acho que este tipo de comentários diz muito mais de si do que de mim. Diz, por exemplo, que se sente bem em rebaixar os outros. E isso não é nada bonito. Mostra uma pessoa insegura que, seguramente, não se sente feliz.
E, quanto aos outros insultos com que me têm presenteado, deixo a mensagem que está aí acima: algumas vezes,aquilo que pensamos sobre uma pessoa não corresponde ao que a pessoa realmente é.

11 comentários:

  1. Eu acho que o Anónimo é, ao contrário da Lontra, uma cobra daquelas muito magrinhas, secas, e que só gosta de morder. Quem sabe um dia ainda morde a própria lingua, e depois vai provar so seu próprio veneno...

    ResponderEliminar
  2. Desculpe que lhe diga mas não gostei nada desta cronica.Para que dar importância?
    Diz que o anónimo é inseguro,mas,mas o namorado tem de a apoiar e defender pulicamente.
    Se não permite os comentários para que escrever sobre o assunto.Não seria o mais correcto ignorar?
    Sei que não é de todo o caso mas quer que o leitores tenham pena da miss G?
    pois pode haver essa interpretação do texto.
    Já tenho visto outras bloggers a fazer o mesmo e não concordo de todo. É a primeira vez que comento este assunto,porque acho que é mais que isto e tem assunto para escrever sem ser fazer queixinha.
    espero que não me leve a mal.

    beijinhos
    apenas uma leitora
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria,

      Não levo nada a malo seu comentário. Não tenho um blogue para que me digam sim a tudo, até gosto de contraditório, é com opiniões diferentes da nossa que crescemos e aprendemos. E a Maria tem razão em algumascoisas, mas não noutras.
      É um facto que o V. respondeu, mas não fui eu quelho pedi. Partilhei com eleo texto, e ele respondeu. Neste aspecto, não sou insegura. Tenho, como qualquer mulher, as minhas inseguranças, mas não neste caso.
      E, sim, tenho muito mais assunto para escrever. Mas, sabe, não sou perfeita, e algumas vezes farta ter comentários anónimos que comentam mesmo só para chatear.

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Eu aturo bem os insultos que me dirigem, mas não aturo insultos às pessoas de quem gosto. A Miss G. é muito bonita. Pode ter os seus quilinhos a mais (eu tenho os meus), mas é uma mulher linda, super inteligente e com um sorriso fabuloso.

    Quanto ao anónimo, respondo uma coisa parecida à que o meu tio disse a uma idiota que ousou chamar gorda à minha tia:

    Pode ser redonda, mas é linda. Já tu, seu anónimo imbecil, és um mal amado. E também não deves dever muito à beleza.

    ResponderEliminar
  4. Pois eu percebo e bem o teu post. Uma coisa são os anónimos e todos os outros que não concordam connosco. Não escrevo para me fazerem vénias e publico normalmente todos os comentários. Até gosto de uma boa "discussãozinha" de pontos de vista. Mas falar mal por falar mal é diferente de ser crítico, é ser maldoso e sim, essa maldade incomoda, sobretudo quando estamos em paz no nosso canto. Nos últimos dias já me desejaram o desemprego, já tentaram por em causa outra blogger no meu espaço e já disseram que o meu blog é uma porcaria. Sério? Às vezes temos mesmo que lhes dar resposta. Não somos capacho nem temos que deixar que nos comam papas na cabeça enquanto sorrimos.
    Outra coisa, tu és gira nas horas. Tens uma cara super bonita e um lindo sorriso (A S* sabe o que diz) o peso a mais controla-se e melhora-se. A falta de carácter já é mais difícil. Conitnua a ser igual a ti mesma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida Bê,

      Obrigada pelos elogios.
      Eu também gosto de trocas de opiniões e pontos de vista, mas os anónimos gostam mesmo de chatear. E entendo que, para quem não tem um blogue, seja chato, volta não volta or lendo textos sobre os anónimos. Entendo, mas, nós bem sempre somos de derrota, e às vezes temos mesmo de responder.
      Por exemplo, tenho pendente um comentário do anónimo que diz que o V. respondeu porque senão tinha represálias da minha parte, nem que fosse eu anuário. E eu não sei o que é mais triste, se é estas pessoas falarem do que não sabem, se é não saberem/perceberem que, numa relação onde as pessoas gostam mesmo uma da outra, não é preciso pedir nem exigir nada, o natural é as pessoas defenderem-se é estarem lá uma para a outra.
      Beijinhos minha querida, e muito boa sorte para o teu projecto

      Eliminar
  5. Há gente mesmo besta, também tive um anónimo desses no mês passado, fechei os comentários a anónimos e acabou-se, não estou para levar com eles.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo,

    Ponha uma coisa na sua cabeça: eu não vou publicar os seus comentários, muito menos os que se referem a outras pessoas.
    Não sei quem é, não faço ideia se me conhece ou não, é não quero saber.
    Pode continuar a comentar, eu vou continuar a rejeitar.
    Ah, e sim, o meu namorado é lindo e maravilhoso, mas, acima de tudo é um homem bem formado, e que me trata muito bem.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  7. Miss G,
    gosto de a ler que gosto. E antes de escrever este comentário ponderei bastante se o devia fazer.E como tomei essa atitude acho que devo ser o mais sincera que posso ao transmitir a minha opinião.
    Contínuo com a mesma dúvida de o porquê desta sua atitude, não sei se é certa ou errada mas não me parece adequada ao que aqui está em causa.
    Já acompanho o seu blogue há algum tempo e nunca vi uma atitude como esta da sua parte.

    Qual a necessidade de falar em anónimos de quem não publica os comentários.Tem uma atitude forte ao mostrar que mande no seu "estaminé" ao permitir que sejam publicados insultuosos, ofensivos, etc.
    Até aqui tudo bem, mas depois entra numa guerra aberta com anónimos onde faz declarações directas. Percebo que está chateada, mas, deita tudo a perder, porque, os anónimos vêm o seu objectivo atingido.
    Mas, a sua atitude pode levar a outras opiniões não favoráveis para a sua pessoa, por exemplo, acharem que a miss G. escreve os seus próprios comentários anónimos.
    Numa postagem anterior aceita um comentário em que alguém lhe diz que ninguém quer saber de si em respeito à sua bandpage e a miss G tem a necessidade de responder à letra e em público
    Sinceramente, acho que lhe fica mal, pois, dá a sensação que tem dois pesos e duas medidas.
    Já que falo na bandpage no facebook reparo que faz promessa de novos posts no seu blog,sobre receitas e coisas que tal. E os mesmos posts nunca surgiram. Não acha que algumas das suas leitoras se podem sentir defraudadas?
    E por último peço novamente para não levar como critica destrutiva, ou algo de ofensivo. Pois,já reparei que dá muita importância ao seu V. e ainda bem que eu adoro ver casais apaixonados.
    Mas ao afirmar tão solenemente esse amor, a firmeza da relação parece que está insegura em relação a algo, parece que tem necessidade de afirmar e afirmar quão perfeita é a sua relação.
    E mais até lhe deixo um desafio , porque não , escrever um blog a dois. Agora está na moda na blogosfera.
    Acho que iria ser um sucesso e que todas iriam adorar acompanhar esta relação a crescer e a dar frutos !

    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria,

      Eu respeito o seu comentário, não me chateia, e agradeço a sinceridade.
      Mas há alturas em que temos mesmo de marcar posição. Sevou voltar a este assunto muitas vezes? Não. Espero que tenha ficado entendido.
      Sabe porque é que ainda não fiz os posts de receitas? Primeiro estive semtelemóvel, depois sem computador. Mas vou fazer.
      Quanto ao V., eu não afirmo, nem preciso de afirmar solenemente o nosso amor. Se falei nisso foi porque o ou os anónimos foram nessa direção. Não tenho necessidade nenhuma de afirmar a perfeição da nossa relação. Até porque não sou de lirismos. Gosto muito da minha relação, faz-me feliz, mas sei que ela é perfeita nas suas imperfeições, e que será semelhante a muitas outras, de casais que gostem de verdade um do outro,e que cuidem um do outro. Não acho que seja especial. É especial para mim e para ele porque é a nossa, mas não nos acho, sinceramente, melhores que ninguém. Melhores, apenas, do que os que mentem, do que os que não se respeitam, e não se cuidam. Mas, claro que lhe dou muita importância, como refere no seu comentário, e como é natural, dar importância à pessoa com quem estamos.
      Quanto ao blogue a dois, não sei se algum dia acontecerá, mas, certamente, não será para já.

      Beijinhos

      Eliminar
  8. Julgar as pessoas, julgamos todos. Mas agora verbalizar, na capa do anonimato, já é outro nível...

    ResponderEliminar