sábado, 23 de janeiro de 2010

Homens e mulheres

Dizia-me uma amiga ontem numa conversa que, não sabendo se era fútil ou não, gostava de homens que tivessem iniciativa, que soubessem escolher um bom vinho, um bom restaurante, que tomassem decisões, em relações a coisas triviais, e digo eu, em relação a outras coisas também. Homens que não coloquem tudo do lado das mulheres, porque é sempre mais fácil não ter de escolher e só ter de guiar o carro em direcção ao sítio.Eu acho que não é nada fútil pensar assim. Claro que como lhe disse na conversa, esses pequenos detalhes têm de estar aliados a outros, tal como a personalidade, os interesses, o saber conversar. Mas têm importância.
Eu também gosto de homens assim.
Sou uma pessoa que tem uma tendência muito grande para cuidar dos outros. Dou atenção aos pormenores. Adoro dar presentes e ver as pessoas sorrir. Não têm de ser coisas caras. Nem ocasiões especiais. Comprar uma revista porque sei que a pessoa a gosta de ler. Mandar uma mensagem só para dar um beijinho. Fazer um jantar especial porque a outra pessoa teve um dia mais cansativo. Pequenos gestos que mostram que gostamos de uma pessoa, que nos preocupamos com o ser bem-estar e em vê-la com um sorriso no rosto. E, talvez por ter estes cuidados com os outros, gosto de sentir o mesmo em relação a mim. Não no sentido de se eu faço, também têm de me fazer o mesmo. Isso não porque me soa a cobrança e eu não suporto cobranças. Nem acho que nas relações, quer de amizade quer de amor, se deva medir o que cada um dá e cobrar o que quer que seja. Mas no sentido de sentir que se preocupam comigo e que gostam de mim e de me vez feliz.
E acho que é por isso que gosto de homens que saibam ter a iniciativa, fazer escolhas, tomar decisões, ter gestos de carinho, fazer surpresas.

6 comentários:

  1. Eu nunca recebo esses gestos de retorno. Isso sim deixa -me desiludida. Nem todos são como nós infelizmente e os homens são um bocado desleixados nisso... bjs

    ResponderEliminar
  2. sim! esses mimos são presentes para a alma! :D adoro!

    ResponderEliminar
  3. É impressão minha ao o que acabas de descrever é AMOR.

    ResponderEliminar
  4. De certa maneira acho que as mulheres gostam de ser surpeendidas e os homens gostam de surpreender, mas o contrário também acontece e muito bem porque nós também temos necessidade de demonstrar o que sentimos e o que queremos, a questão é que muitas vezes nos sucumbimos e tomamos por certo o que temos e que não temos mais nada de novo a apresentar.

    Tal como dizes, não implica que seja uma coisa do outro mundo, mas uma pequena mudança na "rotina" altera tudo e a diferença contribui para uma relação de boas surpresas =D

    ResponderEliminar
  5. "Partilha" é das tuas palavras preferidas e está tudo dito.
    Dar e receber.. não dar para receber. E é tão bom quando se dá quase sem dar conta, e se recebe quando menos se está à espera! Um equilíbrio difícil de alcançar, mas que pode acontecer.. no timming certo. :)

    ResponderEliminar