sábado, 7 de novembro de 2009

Gostar de Alguém

(Há uns tempos que ando para escrever sobre isto e fica desde já aqui prometido que o farei, mas, enquanto não faço, aqui fica algo que acabei de ler e gostei muito. Podem ler o texto todo aqui, algo que aconselho vivamente.)

"Quando se gosta de alguém temos sempre rede, nunca falha a bateria, nunca nada nos impede de nos vermos e nem de nos encontrarmos no meio de uma multidão de gente. Quando se gosta de alguém não respondemos a uma mensagem só no final do dia, não temos acidentes de carro, nem nunca os nossos pais se sentiram mal a ponto de nos impossibilitarem o nosso encontro. Quando se gosta de alguém, ouvimos sempre o telefone, a campaínha da porta, lemos sempre a mensagem que nos deixaram no vidro embaciado do carro desse Inverno rigoroso. Quando se gosta de alguém – e estou a escrever para os que gostam - vamos para o local do acidente com a carta amigável, vamos ter com ela ao corredor do hospital ver como estão os pais, chamamos os bombeiros para abrirem a porta, mas nada, nada nos impede de estar juntos, porque nada nem ninguém é mais importante, do que nós."

3 comentários:

  1. Adorei o que li .
    Parabéns à autora .

    ResponderEliminar
  2. adorei o texto...
    apesar de confessar que não... quando se ama alguém náo se tem rede... antes pelo contrario...

    ResponderEliminar